fbpx

Marketing de guerrilha: como utilizar em seu evento!

marketing-de-guerrilha
4 minutos para ler

O marketing de guerrilha é uma estratégia para eventos muito apreciada. O seu principal objetivo é atingir o público-alvo de maneira certeira, destacando o trabalho da empresa dentro do segmento de atuação.

O conceito tem como uma das premissas básicas algo que atrai empresários e empresas voltadas para organização e promoção de eventos: o baixo investimento. Ficou curioso e quer saber mais sobre o assunto? Então confira o nosso artigo!

O que é o marketing de guerrilha

Como mencionamos acima, uma das principais características do marketing de guerrilha é o baixo valor de investimento.

A estratégia foi assim batizada na década de 1970 por um empresário norte-americano chamado Jay Conrad Levinson, o qual buscou inspiração na Guerra do Vietnã: na ocasião, o país conseguiu superar seus adversários mesmo com um poder de fogo consideravelmente menor, por meio da elaboração e aplicação de táticas de guerrilha.

O conceito foi trazido para o cenário corporativo e de eventos com o objetivo de aumentar consideravelmente o impacto de uma ação e a visibilidade da marca utilizando as ferramentas certas e, não necessariamente, as mais caras.

Dicas para criar estratégias eficientes

Uma ação bem-sucedida depende de um planejamento bem construído. Veja algumas dicas para realizar essa etapa:

  • pense em estratégias que fujam do óbvio, inspirando-se em cases de sucesso;
  • conheça bem o perfil do público-alvo;
  • invista em recursos que promovam a interatividade;
  • pense em ações que sejam surpreendentes, como um show surpresa para a hora do fechamento ou um brinde inovador;
  • aproveite todos os espaços do evento, inclusive os externos;
  • busque parcerias para promover interações mais significativas, reduzindo custos e ampliando a possibilidade de os consumidores serem atingidos;
  • avalie os resultados para saber se as ações deram certo e direcione os investimentos de maneira eficiente nas próximas ocasiões.

Benefícios do marketing de guerrilha

Você já ouviu falar das ações de marketing realizadas pelo Burger King, que pegam um gancho no que seu principal concorrente – O McDonald’s – fez? Pois saiba que elas são um clássico e bem-sucedido exemplo de marketing de guerrilha.

O McDonald’s, ao firmar parceria com a Nutella, espalhou alguns banners por São Paulo trazendo um coração e a marca do creme de avelã mais famoso do Brasil. O BK não perdeu tempo e utilizou seus espaços para fazer uma conexão com o famigerado meme “raiz VS nutella”, colocando em sua marca o coração com a palavra raiz.

A ação trouxe uma das maiores vantagens da estratégia: atraiu a atenção das pessoas em meio a um bombardeio de informações recebida todos os dias, em todos os lugares nas grandes metrópoles.

Outro benefício que não pode ser ignorado é o baixo custo, que, inclusive, caracteriza a estratégia. Em síntese, podemos dizer que a vantagem do marketing de guerrilha é atrair a atenção do público sem grandes investimentos.

Portanto, na hora de utilizar o marketing de guerrilha no seu evento, pense fora da caixa! O grande segredo dessa estratégia é conhecer o público para surpreendê-lo de maneira positiva. Fuja do tradicional, invista em ações ousadas e criativas, por exemplo, para gravar o seu projeto na memória dos participantes.

Quer ter acesso a materiais como este? Então siga nosso perfil nas redes sociais e fique por dentro das atualizações! Estamos no Facebook, Instagram, LinkedIn e no YouTube para os adeptos dos conteúdos em vídeo.

Você também pode gostar

Deixe um comentário

error: Content is protected !!